Quem são os Camarros

O Núcleo dos DESBRAVADORES do Barreiro funciona mediante orientações da Associação JA e, como tal, insere-se no programa vinculado por esta a nível nacional, participando das iniciativas da Associação, adoptando as mesmas leis, alvos, lema e voto. Além disso, os clubes deste núcleo vão buscar ao passado histórico do desbravadorismo a nível mundial directivas para a sua gestão.

Os DESBRAVADORES do Barreiro providenciam um programa de actividades aos jovens que visa proporcionar-lhes o desenvolvimento saudável nas quatro dimensões do ser-humano: a dimensão física, intelectual, social e espiritual.

O principal objectivo dos DESBRAVADORES do Barreiro é levar almas a Cristo; esta é a missão que Deus confiou a todos os que O seguem. Os clubes assentam, portanto, sobre uma prática espiritual muito intensa, não só vivida interiormente como exteriormente.

As três dimensões da acção dos clubes são: Natureza, Serviço e Testemunho. Estas dimensões resumem as opções pedagógicas do espírito escutista que decidimos adoptar. Elas aparecem com a criação do movimento escutista por Baden Powel e são visíveis também em todos os períodos do desenvolvimento do desbravadorismo.

O nome Camarros foi escolhido para designação deste núcleo por ser a designação que era frequente utilizar quando se falava dos primeiros habitantes do Barreiro, especialmente aqueles que vivam no chamado “Barreiro Velho“, a zona dos pescadores.

Esse nome é, ainda hoje, utilizado para referir os barreirenses, embora muitos o desconheçam, inclusivamente os da própria terra.

Apesar disso, não existe muita informação disponível acerca do nome em si e da sua origem. Presumem alguns que a origem do nome teria a ver com a pesca do camarão, daí camarros.

Written by

Deixe uma resposta